Invocação, torna-te um templo de uma entidade

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Invocação, torna-te um templo de uma entidade

Mensagem  Malux em Seg Jun 06, 2011 10:44 pm

Ha uma diferença entre invocaçao e evocaçao.
Como o nome indica, invocar é chamar para outra, enquanto evocar é chamar para fora.
Assim uma das principais diferencas entre invocaçao e evocaçao é a distancia entre
a entidade/força chamada e a pessoa que faz o chamado.

Com uma evocaçao a entidade nao fica ligada com evocador, e permanece numa area exterior.
Numa invocaçao o invocador "funde" a sua consciencia com a entidade/forca, e as diferencas
entre ambas se dissolvem.
Dito de outra forma, invocaçao é o acto de absorver uma energia no corpo ao te alinhares
e te identificares com ela.

Podemos ate chamar uma invocaçao pelo termo tradicional de possessao, em temporiamente
parte da personalidade do possuido é substituida pela da entidade.


Uma invocaçao pode ser muito perigosa, porque invocamos criamos uma ligaçao com essa
entidade/energia e essa energia é destructiva podemos ficar em maus lençois.

A evocaçao é acto de trazer uma entidade para o teu campo de consciencia, completamente
separada de ti.
Por isso evocaçao da maior parte das vezes, nem sequer passa para trazer a entidade para
o plano fisico.
Podes evocar uma entidade para o astral, e depois interagires com entidade atraves do
astral.
Assim é fácil de perceber que o grau de ligaçao com uma entidade evocada pode ser mais facilmente
quebrado como com um simples banimento, nao sendo um metódo tao perigoso.

Evocaçao da controlo, invocaçao entrega.


Quando uma entidade é invocada para dentro uma pessoa, a pessoa age como um medium para
esse entidade e passa a assumir caracteristicas dessa entidade.
Existem mudanças que podem ocorrer com invoçao, como a mudança de voz.

Para perceberem melhor a mecânica da invocaçao, vou postar dois textos que esclarecem de forma
perfeito a técnica.

“Examinemos um caso concreto de alguém que deseja servir-se de uma força mágica belicosa. Ele teria que recorrer a uma cerimônia ao planeta Marte.
Drapejaria seu altar com um tecido vermelho e ele próprio usaria uma túnica escarlate. Todos os seus utensílios teriam que ser de ferro e o seu bastão de força seria uma espada nua. Sobre seu altar colocaria cinco velas, pois cinco é o número de Marte. Sobre seu peito estaria o símbolo de Marte gravado num pentágono de aço. Em sua mão estaria um anel de rubi. ele queimaria enxofre e
salitre em seu turíbulo. E então, de acordo com o trabalho em vista, invocaria o aspecto angélico ou demoníaco da Quinta Sephira, Geburah, a esfera de Marte. Invocaria o nome divino de Geburah, chamando o Deus das Batalhas para ouvi-lo, ou o arquidemônio da Quinta Morada Infernal. Tendo
realizado essa poderosa invocação, ele se ofereceria então a si próprio no altar como o canal para a manifestação da força.”
- Dion Fortune







___________________________________
"Ó homem, conhece-te a ti mesmo e conhecerás os deuses e o universo"
avatar
Malux
Mestre
Mestre

Moderador | Mérito Qualidade |
Masculino

Número de Mensagens : 285
Reputação : 8
Pontos : 391
Localização : Lisboa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Invocação, torna-te um templo de uma entidade

Mensagem  Malux em Seg Jun 06, 2011 10:48 pm

O texto que se segue é Pop Magic de Grant Morrison.



Quando lerem o texto, tenham conta que ele é um magista que pratica magia do caos.

" Aceite isto por um instante; Existem Grandes Idéias no mundo. Elas eram grandes que você nascesse e elas continuação após modelarmos elas. RAIVA é uma dessas GrandesIdéias, AMOR é outra. Então existirá MEDO e CULPA.Logo…Para invocar um Deus, alguém teria apenas que se concentrar naquele Deus paraexcluir de todo e qualquer outro pensamento. Vamos dizer que você queira invocar aGrande Idéia COMUNICAÇÃO na forma do Deus Hermes, para ele lhe dar lábia.Hermes éa personificação Grega do pensamento rápido, arte, soletração e as qualidades que elerepresenta quando personificado por artistas clássicos como um símbolo de uma eterna velocidade e juventude nua, emplumado com pequenas asas e vestido apenas com nuvensdo ar. Hermes é condensado em uma forma pictorial - um sigilo na verdade - de umfacilmente reconhecível estado humano de consciência. Quando suas palavras e mentesestão ágeis, quando nós arrancamos risadas dos outros, quando fazemos poesia, nósestamos na presença real de Hermes. Nós, na verdade, estamos possuídos por esse Deus.Eu não estou sugerindo que exista um real ou mesmo intangível Monte Olimpo Platônicoonde deidades hollywoodianas sentam-se numa piscina mágica olhando os casos mortaise parando apenas para se manifestar a um de nós “crentes” neles, forte o bastante. Deveser assim para todos, eu sei, mas isto parece ser uma forma bem complicada de seexplicar algo bem simples. A verdade é que não precisa EXISTIR um Monte Olimpo paraque você encontre Hermes ou algo como ele usando um nome diferente. Você nem mesmo precisa acreditar em Deuses gregos para invocar quaisquer númerodeles. Hermes personifica uma Grande Idéia e tudo o que você tem que fazer é pensarnele fervorosamente e ele irá aparecer tão rápido real em sua mente que você iráperceber instantaneamente. As pessoas tendem a ficar possuídas por Deuses arbitrariamente por que elas não osreconhecem como tal; Um homem pode ser dominado por raiva (o deus grego Ares), nóstodos podemos “nos perder” em paixão (Afrodite) ou pesar (Hades). Na vida nósencontramos estas Grandes Idéias mas nós não usamos a palavra “Deus” para descrevê-las. A consciência mágica evoca estes estados e renomeia eles Deuses como um meio desepará-los de nosso Eu, como um meio de estudá-los e aprender. Você pode desejar encontrar com Hermes se você está começando uma novela, dando umdiscurso, ou simplesmente quer entreter alguma belezinha com seu incrível papo"

"A forma que a Grande Idéia toma, depende de sua tradição ou desejo. A beleza elétrica da
juventude dos gregos é uma bem conhecida imagem nas esculturas ocidentais, tendo sidoapropriados por todos desde a era de ouro do FLASH dos quadrinhos até o logo da cadeiade floristas INTERFLORA.

juventude dos gregos é uma bem conhecida imagem nas esculturas ocidentais, tendo sidoapropriados por todos desde a era de ouro do FLASH dos quadrinhos até o logo da cadeiade floristas INTERFLORA.Outras culturas personificam velocidade, agilidade e ilusão um pouco diferente, mas omesmo complexo básico de idéias permanece o mesmo ao redor do mundo: velocidade,palavras,escrever,magia,truques,perspicácia,todas elas são qualidades associadas aHermes, mas na Índia esta Grande Idéia é personificada não como um magro corredor dechapéu mas como um jovem gordo com cabeça de elefante e uma presa quebrada com a
qual ele escreve a história em andamento do Universo. Basta pensar neles (e a maioria denós pode) então você já é capaz de invocar Deuses & Grandes Idéias.No Egito a mesma Grande Idéia é conhecida como Thoth, quem criou os símbolos nobaralho de tarô.Na tradição islandesa é Odin ou “Wotan”, senhor dos trovões ecomunicação.(Como os VDUs que vemos todos os dias, Wotan é caolho e em seus péssentam-se dois corvos, Pensamento e Memória, que lhe trazem informação instantâneade todo o mundo. Ele pode ser bem útil nesta forma se você precisar disciplinar um PCrebelde).Hermes, Mercúrio, Odin, Ganesh, Thoth; Todos estes nomes representam variantespersonificações nos temas de Comunicação e velocidade. Reducionistas poderiam vir aentender a magia por considerar o “Monte Olimpo” como uma metáfora para a mentecoletiva humana. "

"EXPERIMENTO

Escolha um Deus tradicional ou demônio de um livro de magia ou mitologia e aprendatanto quanto poder sobre seu assunto escolhido. Eu sugiro que comece com uma Deidadebenigna ao menos que você seja estúpido ou durão e queira se meter em algum tipo denegócio psíquico sujo, neste caso escolha um demônio de um daqueles grimóriosmedievais e espero que seja forte o suficiente para lidar com os intensos sentimentosnegativos “demôniacos” encorpados.De qualquer forma, eu sugiro primeiro começar com Hermes, o Deus da Magia em sua variação como Ganesh. Ganesh é conhecido como um eliminador de obstáculos e parte deseu complexo de idéias é que ele abre abre os caminhos do mundo mágico, então ésempre bom ganhar conhecimento primeiro se você está seriamente pensando em seguirum caminho mágico.Chame fervorosamente por Hermes.Deleite-se em seus atributos. Beba café ou Red Bullem seu nome ou tome uma linha de speed dependendo de seu nível em abuso de drogas.Coloque na sua cabeça imagens velozes de jatos, carros e trens bala. Toque “Ray of Light” da Madonna e invoque Hermes. Cerque-se de revistas do FLASH, chame porHermes.Conte-lhe como ele é maravilhoso em suas próprias palavras e o chame para si,construindo uma ponte entre seus próprios sentimentos de engrandecimento e asenergias descendendo da Grande Idéia. A chegada do Deus será inconfundível: você não deverá experimentar um senso depresença ou mesmo possessão suave (lembre o que isto SIGNIFICA; nós estamospossuídos por VÊNUS quando o AMOR destrói nossa razão. Aprenda a reconhecer ossentimentos especificos que a palavra “possessão” descreve. Isto irá permiti-lo estudarsua Grande Idéia escolhida e seus efeitos no sistema nervoso humano tão perto quantopossível sem se tornar muito apavorado ou emocionalmente sobrecarregado). Você ouvirá uma voz distinta dentro de sua cabeça, a qual parece ter uma qualidadE
estranha-porém-familiar de “Outro” ou separação. Faça perguntas e tome notas dasrespostas em sua cabeça. Lembre-se de qualquer coisa específica que você ouvir eescreva não importando o quão estranho lhe pareça. Mantenha o senso do contato,pergunte e responda tanto quanto você estiver apto e veja o quanto consegue aprender.Lembre-se que Hermes é trapaceiro também e um amante de linguagem e jogos, entãoesteja preparado para engenhosos jogos de palavras e enigmas quando estiver emcontato com estas Grandes Idéias. Ás vezes a torrente rápida de trocadilhos e charadaspodem ser vistos como um pesadelo de interações fractais mas se você está indo jogarcom Hermes, esteja preparado para pensar rápido e impressioná-lo com sua inteligência.Se, por outro lado, existe apenas uma insinuação do desaparecimento da presençasobrenatural ou nada mesmo, não se preocupe. Tente novamente com Ganesh, Odin ouum Deus que você se sinta mais alinhado. Mantenha-se fazendo o experimento até que você tenha sucesso em gerar o estado mental requerido. Não é difícil; se você podetornar-se Raivoso, Triste ou Feliz apenas pensando nisto (e a maioria de nós pode) então você já é capaz de invocar Deuses e Grandes Idéias."

Pop MagicBaixem pdf Pop Magic aqui

___________________________________
"Ó homem, conhece-te a ti mesmo e conhecerás os deuses e o universo"
avatar
Malux
Mestre
Mestre

Moderador | Mérito Qualidade |
Masculino

Número de Mensagens : 285
Reputação : 8
Pontos : 391
Localização : Lisboa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum