Ritual - Asseclas de Mammon

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ritual - Asseclas de Mammon

Mensagem  dariedson em Dom Maio 20, 2012 12:31 am

Mamon é a palavra em hebraico para “dinheiro”. Neste rito utilizaremos simplesmente o conceito de acumulo de impressões de sensações em um objeto tão simples, mas tão simbólico e influente, e conseqüentemente tão manuseado antes de vir a nós que acumula em si uma energia peculiar. Esse acúmulo de energias, impressões e a canalização do desejo pelo simbólico do dinheiro em si servirá como “motor” para este rito.
Componentes:-Giz, ou outro material que escreva no chão do local
-uma tigela, bacia ou prato fundo
-um punhado de moedas correntes, quanto mais envelhecidas e mais manuseadas melhor. Mas o importante é serem correntes.
-1 vela negra
-espelho que caiba no recipiente.
Ritualística:
Em um cômodo da casa onde não seja perturbado e a noite, trace no chão um pentagrama invertido para você de tamanho médio. Sente-se na ponta voltada na sua direção, e acenda a vela negra no meio. Tenha nas mãos a vasilha cheia de água e a seu lado o espelho e do outro as moedas.
Trace um círculo de proteção para que não seja destruído pelas forças que pretende mover.
Comece Invocando o Demônio Mamon,Deus da cobiça,avareza e acúmulo de riqueza,e líder dos espíritos da ordem que convocaremos. Para invocar o Demônio use uma oração pessoal escrita por você, e a recite diante do espelho, enquanto suas feições se moldam na de alguma representação vista por você da entidade.
Após a Invocação, convoque os Asseclas. Espíritos de mortos, demônios menores e toda sorte de ser sob a potência de Mamon. Chame-os em voz alta ou mentalmente, mas tendo consciência de que está possuído pela energia do líder. Faça-o com autoridade e sem hesitar.
Quando sentir a forte presença, coloque o espelho na água, e sobre ele as moedas. Ofereça aos entes a energia daquelas moedas, proveniente de sua simbologia e acumulo de impressões devido a sua circulação. Barganhe com eles a vida do alvo. Quando eles aceitarem, apague a vela e foque na água a impressão energética, lembrança ou mesmo foto ou objeto pertencente ao mesmo. Visualize-os retalhando de forma fria e cruel seu oponente.
Ordene que se retirem. Faça um banimento no local e deixe a vasilha com água estagnada guardada com as moedas dentro por 1 noite e depois se livre das moedas ou dê mesmo as moedas “físicas” aos espíritos dependendo de como tiverem negociado. Espere que cumpram sua parte.
Caso os espíritos se recusem,espere 1 mês para nova tentativa. Se eles aceitarem,mais moedas podem ser oferecidas em novos ritos para reforçar o ritual,atraindo mais Asseclas.


Análise: Este ritual baseia-se em utilizar a energia acumulada pela manipulação de um objeto (que normalmente não guarda boas sensações,pelo menos na grande maioria dos casos. É alvo de cobiça,desejo,motivo de roubo,violência...) para atrair as entidades relacionadas a simbologia daquele objeto.
Mammon,como descrito no texto é o nome em Hebraico para dinheiro,que ao ser mal interpretado na bíblia foi transformado em um "demônio".
"Não se pode servir a Deus e a Mammon ao mesmo tempo...".
Ao contrário do que se diz de tantas outras entidades como Astaroth,Bael ou Lilith ele não era um anjo caído ou deidade demonizada. Ele é e sempre foi um deus terreno que carrega em si muito mais aspectos negativos do que positivos. O dinheiro corrompe tanto quanto qualquer outro mal. Talvez até mais. É um objeto de discórdia entre os homens.
Esta é a carga envolvida neste rito,que nada mais é do que uma forma de evocar-se entidades ligadas a este objeto (dinheiro).

Uma evocação simples utilizando materiais simples para um efeito potencialmente desastroso,portanto requer cuidados. O círculo deve ser traçado para que o magista não seja maculado pelas entidades. O pentagrama invertido no chão não é um simbolo "do diabo" ou qualquer coisa poser ao estilo,mas um símbolo do ideal das entidades. A submissão do espírito ao material.

Ao fim do ritual é altamente recomendado uma limpeza energética e banimentos diários. Não é um ritual a ser utilizado levianamente.

Pessoalmente o único efeito "físico" diferente registrado durante o ritual foi o escurecimento das moedas,como se elas tivessem queimado. Algumas chegaram a ficar totalmente negras. Não sei se alguma reação química normal ou não,mas há possibilidade de ter sido uma simples coincidência.


creditos: Chertograd Daemon
avatar
dariedson
Novato
Novato

Masculino

Número de Mensagens : 6
Reputação : 11
Pontos : 28
Localização : minas gerais

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum