Observações Umbandistas.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Observações Umbandistas.

Mensagem  Wilson Moreno em Seg Jun 09, 2014 4:31 pm

Observações Umbandistas.
Texto do Nucleo Umbandista São Sebastião.
 
1)SE O DIRIGENTE DO TEMPLO (PAI DE SANTO, BABALAÔ OU BABALORIXÁ COMO É CHAMADO, (ELE OU ELA) BEBE, CHEIRA MAL, CHEIRA A PINGA AZEDA, FALA PALAVRÕES DENTRO DO TEMPLO, COMPARECE AOS TRABALHOS COM ROUPAS SUJAS OU TEM PÉSSIMO CONCEITO OU FAMA, SAIA IMEDIATAMENTE DO LOCAL. PORQUE É ELE (OU ELA) QUEM PRECISA DE AJUDA ESPIRITUAL, POIS TRATA-SE DE PESSOA ALTAMENTE PERTURBADA E PERSEGUIDA POR ESPÍRITOS MALIGNOS.
 
Certa vez fui a uma festa de Oxossi de um terreiro muito antigo. Lá fui apresentado a outros sacerdotes convidados pela casa.
Ao ser apresentado a um deles, o seu hálito era azedo de tanta cachaça que tomava, estava nítido que aquele homem era um alcoólatra inveterado e para alguém (um sacerdote) que foi a uma festa, suas roupas além de surradas, estavam sujas.
Resumindo: Aquele homem não era um Pai de Santo, ele era uma farsa!
Como pode alguém em tão precária condição de sobrevivência em nosso mundo se dizer sacerdote para ajudar alguém?
Era ele quem precisava de ajuda, já que era vampirizado nos traços de seu vicio.
 
Se o ambiente estiver sujo ou se você sentir cheiro de carniça na porta de entrada do templo, ou ainda se você perceber que FAZEM MATANÇAS DE ANIMAIS, retire-se imediatamente do local! Nesse local não é praticada Umbanda e sim, Quimbanda (Magia Negra). Usam o nome da Umbanda, dos nossos Guias e protetores e mascaram-se de umbandistas para atrair pessoas desavisadas, incautas, ou desesperadas para, em seguida, explorá-las.
 
Existem templos de Umbanda que usam velas pretas ou vermelhas e pretas (metade de cada cor) dentro do local conhecido como tronqueira (fica fora do templo) e é destinado aos exús, por serem essas as cores dos exús que guardam as portas dos templos de Umbanda.
Porém, se tais velas forem acesas dentro do templo ou no altar, saia imediatamente do local.



O uso de velas pretas ou vermelhas e pretas nos rituais de Umbanda não existe. Se esse procedimento é adotado é prova que esse templo não é de Umbanda.
 
2)Se nesse local lhe pedirem para sacrificar aves ou qualquer animal, em troca de alguma coisa que você esteja precisando, vá embora imediatamente desse lugar.

Nesse lugar não é praticada Umbanda!
 
SE VOCÊ ENTREGAR O ANIMAL PARA UM SACRIFÍCIO, VOCÊ ESTARÁ ALIMENTANDO UM ESPÍRITO IMUNDO E MALIGNO, QUE TEM INTERESSE APENAS NO SANGUE DERRAMADO NO SACRIFÍCIO, SÃO CONHECIDOS COMO "VAMPIROS", MUITO COMUNS NOS TRABALHOS DE QUIMBANDA. AQUELE QUE CEDE A SACRIFÍCIOS DE ANIMAIS ATRAI PROBLEMAS, MAZELAS E PERSEGUIÇÕES DESSE ESPÍRITO MALIGNO. TUDO O QUE ELE PUDER LHE CONCEDER HOJE COM UMA DAS MÃOS, ELE LHE TOMARÁ AMANHÃ COM AS DUAS MÃOS COM O OBJETIVO DE FORÇÁ-LO A PROCURAR POR ELE NOVAMENTE, PARA QUE ELE POSSA NOVAMENTE EXPLORÁ-LO.
NUNCA SACRIFIQUE UM ANIMAL E NÃO PERMITA QUE O FAÇAM. OS GUIAS DA UMBANDA POSSUEM AS FORÇAS NECESSÁRIAS PARA RESOLVER OS PROBLEMAS DE TODOS QUE OS PROCURAM E JAMAIS IRÃO UTILIZAR ESSE MEIO PARA AJUDAR AS PESSOAS.
NOS ANIMAIS VIVEM ESPÍRITOS EMBRIONÁRIOS. SÃO NOSSOS IRMÃOS MENORES. PROTEJA-OS SEMPRE.

NUNCA ESQUEÇA!
EXÚ QUIUMBA LHE DÁ COM UMA MÃO E TOMA COM DUAS.
 
3)OS QUE DESCONHECEM ESSAS FUNÇÕES, DESCONHECEM TAMBÉM QUE OS EXUS SÃO AMPLAMENTE MISTIFICADOS POR OUTRAS CATEGORIAS DE ESPÍRITOS MUITO INFERIORES, (CONHECIDOS COMO QUIUMBAS, KIUMBAS E RABOS DE ENCRUZA) QUE AFERRADOS AOS VÍCIOS DA MATÉRIA, VAMPIRIZAM AOS HOMENS EM SUAS ENERGIAS E SÃO ELES QUE PEDEM OS DESPACHOS E AS MATANÇAS DE ANIMAIS EM BUSCA DO "TÔNUS VITAL" DE BAIXA QUALIDADE CONTIDO NO SANGUE DOS ANIMAIS. EM TROCA DO TÔNUS VITAL, PROMETEM AOS HOMENS UM SEM FIM COISAS QUE O MERECIMENTO DESSAS PESSOAS LHES NEGA E NESSA SITUAÇÃO TEM INICIO A DETURPAÇÃO DE NOSSOS RITUAIS. 
Os verdadeiros exus não comparecem aos nossos cultos para trazer o homem ou a mulher dos sonhos de alguém de volta em 7 dias, destruir uniões ou sociedades, enfim, prejudicar as pessoas.
E acima de tudo, se um templo tem um dirigente de luz, conhecido como "guia chefe", (caboclo, preto velho ou criança) por qual razão esse guia de luz permitiria esses pedidos em sua casa, casa que possui um altar, onde acima de todas as imagens está a de Jesus (Oxalá) que pregou aos homens "o perdão sem limites".
Nessas giras de exu reinam a vaidade e o orgulho dos médiuns que dela participam, que vestem-se de vermelho e negro e outras vestem-se ricamente, exigem bebidas finas (que não existiam na África), cigarros finos, piteiras, etc. Tudo isso é fantasioso e não reflete os exus verdadeiros, reflete apenas aqueles que desejam ser como eles (dos dois mundos).
 
 
4)Se num templo, tentarem lhe incutir medo mediante argumento do tipo "se você não fizer isso ou aquilo, vai lhe acontecer isso ou aquilo" é sinal que esse templo não é aconselhável, uma vez que o dirigente do templo e seus médiuns são fanáticos. Vá embora desse local.
 
Para alguns seres humanos desprovidos de qualquer respeito pelas "coisas santas" a Umbanda é um  meio de vida, já que incapazes de trabalhar honestamente como a maioria das pessoas decentes, se dizem médiuns e se valem do fanatismo e da credibilidade das pessoas que os procuram para explorá-las financeiramente e esses exploradores desconhecem o futuro tenebroso que os aguarda por terem usado uma religião como meio de ganhar dinheiro. São classificados como mistificadores e atraem para perto de si mesmos um mundo espiritual também mistificador que os assedia constantemente e os mantém no erro. 
Para esses só existe um sentimento a ser dispensado:

A piedade!
 
5)Não maltrata aos animais e nunca os sacrifica.

A Umbanda prega o amor ao próximo e os animais nos são muito próximos. Aprendemos com nossos Guias que nos corpos dos animais habitam espíritos embrionários, portanto, a Umbanda não permite os sacrificios.

Alguns dizem:

“Mas você não come carne? Se come, então algum animal foi sacrificado”!

Em nosso mundo de precária evolução espiritual, a carne ainda alimenta a carne. Só que existe uma enorme diferença entre sacrificar um animal para usá-lo como alimento (o que já é errado) e usá-lo para saciar a sede por tônus vital por parte de espíritos malignos.
No Candomblé os sacrificios fazem parte de seus dogmas que devem ser respeitados, mesmo porque, após os sacrificios os animais serão consumidos pelos adeptos da casa, tal qual fazemos em nossas casas, restaurantes, etc.
Nessa situação quando um animal é usado como alimento, o animal cedeu a sua vida para que a do homem possa prosseguir, AGORA, MATAR UM ANIMAL EM MEIO ÀS MATAS OU NAS ENCRUZILHADAS OU AINDA PIOR, NAS TRONQUEIRAS, COMO O FAZEM A QUIMBANDA E A KIUMBANDA, DEIXANDO SUAS CARCAÇAS APODRECENDO É BESTIAL.

Se um templo sacrifica animais, ESSE TEMPLO NÃO É DE UMBANDA, não importando o que aleguem seus dirigentes.
Não fará mal ao seu chefe, sócio, colega de trabalho, vizinho, etc, porque a Umbanda não pratica maldades de espécie alguma.
 
 
Nucleo Umbandista São Sebastião
 
6)Vou realçar essa Observação que é muito importante.
 
Se nesse local lhe pedirem para sacrificar aves ou qualquer animal, em troca de alguma coisa que você esteja precisando, vá embora imediatamente desse lugar.

Nesse lugar não é praticada Umbanda!
 
SE VOCÊ ENTREGAR O ANIMAL PARA UM SACRIFÍCIO, VOCÊ ESTARÁ ALIMENTANDO UM ESPÍRITO IMUNDO E MALIGNO, QUE TEM INTERESSE APENAS NO SANGUE DERRAMADO NO SACRIFÍCIO, SÃO CONHECIDOS COMO "VAMPIROS", MUITO COMUNS NOS TRABALHOS DE QUIMBANDA. AQUELE QUE CEDE A SACRIFÍCIOS DE ANIMAIS ATRAI PROBLEMAS, MAZELAS E PERSEGUIÇÕES DESSE ESPÍRITO MALIGNO. TUDO O QUE ELE PUDER LHE CONCEDER HOJE COM UMA DAS MÃOS, ELE LHE TOMARÁ AMANHÃ COM AS DUAS MÃOS COM O OBJETIVO DE FORÇÁ-LO A PROCURAR POR ELE NOVAMENTE, PARA QUE ELE POSSA NOVAMENTE EXPLORÁ-LO.


NUNCA SACRIFIQUE UM ANIMAL E NÃO PERMITA QUE O FAÇAM.
 
Os guias da Umbanda possuem as forças necessárias para resolver os problemas de todos que os procuram e jamais irão utilizar esse meio para ajudar as pessoas.
Nos animais vivem espíritos embrionários. São nossos irmãos menores. Proteja-os sempre.
Nunca esqueça!
Exú quiumba lhe dá com uma mão e toma com duas.
 
7) Vou realçar outra Observação importante, vejamos.
 
OS QUE DESCONHECEM ESSAS FUNÇÕES, DESCONHECEM TAMBÉM QUE OS EXUS SÃO AMPLAMENTE MISTIFICADOS POR OUTRAS CATEGORIAS DE ESPÍRITOS MUITO INFERIORES, (CONHECIDOS COMO QUIUMBAS, KIUMBAS E RABOS DE ENCRUZA) QUE AFERRADOS AOS VÍCIOS DA MATÉRIA, VAMPIRIZAM AOS HOMENS EM SUAS ENERGIAS E SÃO ELES QUE PEDEM OS DESPACHOS E AS MATANÇAS DE ANIMAIS EM BUSCA DO "TÔNUS VITAL" DE BAIXA QUALIDADE CONTIDO NO SANGUE DOS ANIMAIS. EM TROCA DO TÔNUS VITAL, PROMETEM AOS HOMENS UM SEM FIM COISAS QUE O MERECIMENTO DESSAS PESSOAS LHES NEGA E NESSA SITUAÇÃO TEM INICIO A DETURPAÇÃO DE NOSSOS RITUAIS. 
 
Eu sempre coloquei tais questões.
Somente espíritos inferiores e obsessores ainda apegados a matéria e aos vícios terrenos, é que pedem sacrifícios de pobres animais, para Vampirizar as pessoas, como esta relatado no texto do Nucleo Umbandista São Sebastião.
QUE AFERRADOS AOS VÍCIOS DA MATÉRIA, VAMPIRIZAM AOS HOMENS EM SUAS ENERGIAS E SÃO ELES QUE PEDEM OS DESPACHOS E AS MATANÇAS DE ANIMAIS EM BUSCA DO "TÔNUS VITAL" DE BAIXA QUALIDADE CONTIDO NO SANGUE DOS ANIMAIS. EM TROCA DO TÔNUS VITAL, PROMETEM AOS HOMENS UM SEM FIM COISAS QUE O MERECIMENTO DESSAS PESSOAS LHES NEGA E NESSA SITUAÇÃO TEM INICIO A DETURPAÇÃO DE NOSSOS RITUAIS. 
 
Esses espíritos apegados a matéria e aos vícios, pedem os despachos e as matanças de animais em busca do TÔNUS VITAL de baixa qualidade contido no sangue dos animais.
Essas colocações são de um grande Umbandista do Bem e da Luz.
 
Vejamos outra Observação importante.
 
SE UM TEMPLO SACRIFICA ANIMAIS, ESSE TEMPLO NÃO É DE UMBANDA, NÃO IMPORTANDO O QUE ALEGUEM SEUS DIRIGENTES.
NÃO FARÁ MAL AO SEU CHEFE, SÓCIO, COLEGA DE TRABALHO, VIZINHO, ETC, PORQUE A UMBANDA NÃO PRATICA MALDADES DE ESPÉCIE ALGUMA.
 
Quem estuda o Espiritismo como eu, sabe que pela Lei de Causas e Efeitos, cada um colhe o que planta.
Quem planta maldades, falsidades, desonestidade, racismo, olho grande, vícios, ódio, raiva, desejos de vingança, vai colher sofrimentos, dores, dificuldades e ate doenças em reencarnações futuras.
Quem planta o mal vai colher o mal.
Quem planta o Bem, as Virtudes, a caridade, a honestidade, o respeito pelo ser humano, a elevação Moral, o Amor, vai colher Evolução, Paz, Saúde e Felicidade.
Quem planta o Bem vai colher o Bem.
Quem é maldoso com os animais vai ter que prestar contas em reencarnações futuras.
 
Cool Vejamos outra Observação importante do texto do Nucleo Umbandista São Sebastião.
 
SE O DIRIGENTE DO TEMPLO (PAI DE SANTO, BABALAÔ OU BABALORIXÁ COMO É CHAMADO, (ELE OU ELA) BEBE, CHEIRA MAL, CHEIRA A PINGA AZEDA, FALA PALAVRÕES DENTRO DO TEMPLO, COMPARECE AOS TRABALHOS COM ROUPAS SUJAS OU TEM PÉSSIMO CONCEITO OU FAMA, SAIA IMEDIATAMENTE DO LOCAL. PORQUE É ELE (OU ELA) QUEM PRECISA DE AJUDA ESPIRITUAL, POIS TRATA-SE DE PESSOA ALTAMENTE PERTURBADA E PERSEGUIDA POR ESPÍRITOS MALIGNOS.
 
Certa vez fui a uma festa de Oxossi de um terreiro muito antigo. Lá fui apresentado a outros sacerdotes convidados pela casa.
Ao ser apresentado a um deles, o seu hálito era azedo de tanta cachaça que tomava, estava nítido que aquele homem era um alcoólatra inveterado e para alguém (um sacerdote) que foi a uma festa, suas roupas além de surradas, estavam sujas.
Resumindo: Aquele homem não era um Pai de Santo, ele era uma farsa!
Como pode alguém em tão precária condição de sobrevivência em nosso mundo se dizer sacerdote para ajudar alguém?
Era ele quem precisava de ajuda, já que era vampirizado nos traços de seu vicio.
 
SE O AMBIENTE ESTIVER SUJO OU SE VOCÊ SENTIR CHEIRO DE CARNIÇA NA PORTA DE ENTRADA DO TEMPLO, OU AINDA SE VOCÊ PERCEBER QUE FAZEM MATANÇAS DE ANIMAIS, RETIRE-SE IMEDIATAMENTE DO LOCAL! NESSE LOCAL NÃO É PRATICADA UMBANDA E SIM, QUIMBANDA (MAGIA NEGRA). USAM O NOME DA UMBANDA, DOS NOSSOS GUIAS E PROTETORES E MASCARAM-SE DE UMBANDISTAS PARA ATRAIR PESSOAS DESAVISADAS, INCAUTAS, OU DESESPERADAS PARA, EM SEGUIDA, EXPLORÁ-LAS.
 
Essa Observação é muito importante, procurem ler com a máxima atenção e depois meditem muito sobre essa questão.
A sujeira moral e MATERIAL atrai espíritos inferiores e obsessores do plano astral, existe certas pessoas que cheiram mal, usam roupas sujas, estão sempre bebendo, xingando com palavrões, são arrogantes, debochados, sacanas, imorais, fiquem longe dessas pessoas elas estão envolvidas por falanges de espíritos obsessores.
Evitem o convívio com macumbeiros, com pessoas sujas e maldosas.
SE O DIRIGENTE DO TEMPLO (PAI DE SANTO, BABALAÔ OU BABALORIXÁ COMO É CHAMADO, (ELE OU ELA) BEBE, CHEIRA MAL, CHEIRA A PINGA AZEDA, FALA PALAVRÕES DENTRO DO TEMPLO, COMPARECE AOS TRABALHOS COM ROUPAS SUJAS OU TEM PÉSSIMO CONCEITO OU FAMA, SAIA IMEDIATAMENTE DO LOCAL. PORQUE É ELE (OU ELA) QUEM PRECISA DE AJUDA ESPIRITUAL, POIS TRATA-SE DE PESSOA ALTAMENTE PERTURBADA E PERSEGUIDA POR ESPÍRITOS MALIGNOS.
 
Essas observações são de um grande umbandista e eu acrescentei algumas observações minhas.
Meus amigos o importante é a pessoa estudar, somente o conhecimento da Verdade pode nos Libertar.
 
Fonte site Nucleo Umbandista São Sebastião
 
9) Para finalizar deixo essa observação de Andre Luiz para nossa reflexão.
 
No livro Missionários da Luz, André Luiz nos traz um exemplo interessante, mostrando a necessidades que os espíritos de baixa vibração têm de vitalidade, ao ponto de extraí-lo do sangue dos animais mortos em um abatedouro:
"Pelas vibrações ambientes, reconheci que o lugar era dos mais desagradáveis que conhecera, até então, em minha nova fase de esforço espiritual. Seguindo Alexandre de muito perto, via numerosos grupos de entidades francamente inferiores que se alojavam aqui e ali. DIANTE DO LOCAL EM QUE SE PROCESSAVA A MATANÇA DOS BOVINOS, PERCEBI UM QUADRO ESTARRECEDOR. GRANDE NÚMERO DE DESENCARNADOS, EM LASTIMÁVEIS CONDIÇÕES, ATIRAVAM-SE AOS BORBOTÕES DE SANGUE VIVO, COMO SE PROCURASSEM BEBER O LÍQUIDO EM SEDE DEVORADORA...
Alexandre percebera o assombro doloroso que se apossara de mim e esclareceu-me com serenidade:
- Está observando, André? Estes infelizes irmãos que nos não podem ver, pela deplorável situação de embrutecimento e inferioridade, ESTÃO SUGANDO AS FORÇAS DO PLASMA SANGUÍNEO DOS ANIMAIS. SÃO FAMINTOS QUE CAUSAM PIEDADE.

Poucas vezes, em toda a vida, eu experimentara tamanha repugnância. As cenas mais tristes das zonas inferiores que, até ali, pudera observar, não me haviam impressionado com tamanho amargor.
DESENCARNADOS À PROCURA DE ALIMENTOS DAQUELA ESPÉCIE? MATADOURO CHEIO DE ENTIDADES PERVERSAS? QUE SIGNIFICAVA TUDO AQUILO? Lembrei meus reduzidos estudos de História, remontando-me à época em que as gerações primitivas ofereciam aos supostos deuses o sangue de touros e cabritos. Estaria ali, naquele quadro horripilante, a representação antiga dos sacrifícios em altares de pedra? Deixei que as primeiras impressões me incandescessem o cérebro, a ponto de sentir, como noutro tempo, que minhas idéias vagueavam em turbilhão.

Alexandre, contudo, solícito como sempre, acercou-se mais carinhosamente de mim e explicou:
- Porque tamanha sensação de pavor, meu amigo? Saia de si mesmo, quebre a concha da interpretação pessoal e venha para o campo largo da justificação. Não visitamos, nós ambos, na esfera da Crosta, os açougues mais diversos? Lembro-me de que em meu antigo lar terrestre havia sempre grande contentamento familiar pela matança dos porcos. A carcaça de carne e gordura significava abundância da cozinha e conforto do estômago. COM O MESMO DIREITO, ACERCAM-SE OS DESENCARNADOS, TÃO INFERIORES QUANTO JÁ O FOMOS, DOS ANIMAIS MORTOS, CUJO SANGUE FUMEGANTE LHES OFERECE VIGOROSOS ELEMENTOS VITAIS. Sem dúvida, o quadro é lastimável; não nos compete, porém, lavrar as condenações. Cada coisa, cada ser, cada alma, permanece no processo evolutivo que lhe é próprio. E se já passamos pelas estações inferiores, compreendendo como é difícil a melhoria no plano de elevação, devemos guardar a disposição legítima de auxiliar sempre, mobilizando as melhores possibilidades ao nosso alcance, a serviço do próximo
.”
A EXPLICAÇÃO DADA PELO INSTRUTOR QUE ACOMPANHAVA ANDRÉ LUIZ É PROFUNDA, MOSTRANDO O O PORQUÊ DO SACRIFÍCIO DE ANIMAIS EM CERTOS RITUAIS DE QUIMBANDA E CANDOMBLÉ.
Vou realçar essa observação importante de Andre Luiz.
DIANTE DO LOCAL EM QUE SE PROCESSAVA A MATANÇA DOS BOVINOS, PERCEBI UM QUADRO ESTARRECEDOR. GRANDE NÚMERO DE DESENCARNADOS, EM LASTIMÁVEIS CONDIÇÕES, ATIRAVAM-SE AOS BORBOTÕES DE SANGUE VIVO, COMO SE PROCURASSEM BEBER O LÍQUIDO EM SEDE DEVORADORA...
ESTÃO SUGANDO AS FORÇAS DO PLASMA SANGUÍNEO DOS ANIMAIS. SÃO FAMINTOS QUE CAUSAM PIEDADE.
DESENCARNADOS À PROCURA DE ALIMENTOS DAQUELA ESPÉCIE? MATADOURO CHEIO DE ENTIDADES PERVERSAS
 
Nessas explicações na obra de Andre Luiz, vemos que o objetivo dos espíritos desencarnados de baixo padrão vibratório é absorver os fluidos vitais do sangue dos animais que são sacrificados nesses centros de candomblé e quimbanda, existe alguns centros de umbanda sem estudo que pratica também esses sacrifícios.
O objetivo é o Vampirismo psíquico praticado por espíritos inferiores de baixas vibrações mentais e morais, da mesma forma esses espíritos atrasados absorvem os fluidos da nicotina e da bebida dos encarnados que se entregam a esses vícios deprimentes.
Os espíritos elevados ou espíritos de luz não possuem necessidades matérias e nem apego as coisas matérias, eles estão moralmente depurados dessas coisas.
Os espíritos de luz estão num padrão vibratório elevado livre das paixões matérias e desejos e vícios terrenos.
Somente espíritos inferiores de baixas vibrações mentais e morais, podem precisar ou pedir coisas matérias como, cigarros, cachaça, charutos e sacrifícios de pobres animais.
 
Wilson Moreno na busca da Verdade.
avatar
Wilson Moreno
Novato
Novato

Masculino

Número de Mensagens : 9
Reputação : 0
Pontos : 27
Localização : Rio de Janeiro Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum